A SocialPort nasceu da parceria de engenheiros e a Drª Elaine Marcial, expert reconhecida no país, na área de cenários e prospectiva. Desenvolveu-se, portanto, soluções que atendessem a necessidade de encontrar um espaço organizado e direcionado que apoiasse a produção de informações especializadas de forma prática e acessível, conectar pessoas a pessoas e pessoas a conhecimentos de forma fácil, prática e portátil.

Para que isso fosse possível, nos dividimos em três frentes de serviço: Rede, Enterprise e a Academy. 

Objetivos

A SocialPort têm como objetivo atuar em três frentes importantes para a geração de subsídios que contribuam com a formulação de planos vencedores e a tomada de decisões estratégicas, que seriam:

1) Prover ferramentas intuitivas e responsivas para coleta e análise de dados dentro e/ou fora de uma instituição, com apresentação de resultados em tempo real e com alta automação. 

2) Criar um ambiente que possua informações de alta relevância e confiabilidade para acesso e análise, com objetivo de identificar sinais fracos e monitorar o ambiente como um todo.

3)Oferecer capacitação sobre a estruturação de cenários e uso de nossas ferramentas.

História da marca

A marca SocialPort surgiu com o objetivo de unir acadêmicos em uma plataforma tecnológica, que tivessem interesses em comum. As linhas de direção usadas, foram: aspecto social + presente e futuro como algo singular + visão e ação de um agente produtor = SocialPort.

A ligação entre pesquisa, ação, acadêmicos e investidores também está na unidade repetida no símbolo da marca. São, portanto, um só: o agora  e o depois, o indivíduo e o pesquisador/investidor, não há espaço para separar esses elementos. Aqui, são pensados conjuntamente como se fossem literalmente unidos num só corpo (unidade repetida da marca).
A logo tinha dois grandes desafios: traduzir a infinita necessidade do futuro que sempre está por vir, enquanto permitia coerência conceitual com outros projetos. Dentro dessa potencial família de projetos, se criou um grid em formato de cubo no qual serviria de esqueleto para montar eventualmente esse portfólio visual da Empresa.

Equipe

Elaine Marcial

Elaine C. Marcial. Sócia fundadora da SocialPort, é doutora em Ciência da Informação pela UnB. Coordenadora do Grupo de Pesquisa e Estudos Prospectivos da Universidade Católica de Brasília (NEP-UCB). É autora de livros e artigos na área de estudos de futuro. Coordenou os projetos como Megatendências mundiais 2030, Brasil 2035, Bibliothinking 2050, Violência e Segurança Pública em 2023, Cenários Pós-COVID-19 e Megatendências 2040. Atua na área de prospectiva desde 1996 e foi agraciada com as medalhas de Honra ao Mérito de Defesa, Ordem do Mérito Militar no grau de Cavaleiro e Medalha Exército Brasileiro. É coordenadora metodológica do Projeto Brasil 2040.

Douglas Sousa

É formado em ciências da computação pela UNIP – Brasília. Estagiou no TRE-DF e trabalhou em uma Startup de edtech, em ambas experiências, desempenhou a função em frontend, tendo também a oportunidade de explorar tarefas de backend. Na SocialPort, é desenvolvedor frontend com foco na criação do aplicativo mobile.

Fernando Fernandes

É mestre em Aplicações Militares pela Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais do Exército, se especializou em Inteligência pela EsIMEX e tem pós-graduação em Inteligência Estratégica, pela Universidade Euroamericana de Brasília e em Gestão Estratégica Corporativa pela Universidade Católica de Brasília. É coautor dos livros Fundamentos da Inteligência Competitiva e Metodologia FIGE, além de possuir artigos publicados na Revista Brasileira de Inteligência a Abin e é o criador da metodologia Análise da Dinâmica de Atores. Atualmente, exerce o trabalho como consultor e professor em Pós-graduação de Inteligência Estratégica e Competitiva.